Cloud computing: como reduzir custos com o armazenamento na nuvem?

Cloud computing: como reduzir custos com o armazenamento na nuvem?
Raphael Fontes
Escrito por

O cloud computing ou armazenamento na nuvem é uma tecnologia que veio para ficar. Uma prova disso é que até pessoas que não fazem a menor ideia do seu significado a utilizam diariamente. Pagar contas na internet, fazer upload e edição de fotos online, tudo isso é feito na nuvem. Claro que o meio corporativo também abraçou essa ideia, utilizando plataformas robustas e dedicadas para suas necessidades mais específicas.

Como estamos falando de uma tecnologia relativamente nova, muitas dúvidas surgem com relação ao seu funcionamento, a sua segurança e, claro, o seu custo. No artigo de hoje vamos falar sobre armazenamento na nuvem e como ela pode reduzir os custos da empresa no dia a dia.

Segurança local

É preciso estar sempre preparado para imprevistos, mas, infelizmente, uma hora ou outra acabamos sendo pegos de surpresa. De nada adianta confiar na segurança de um servidor local e ignorar fatos como roubos, acidentes, tragédias naturais ou até mesmo a má fé de funcionários. Manter documentos sigilosos em apenas um local não é seguro.

Adotando a nuvem, a segurança passa a ser real, já que além de estar protegido de problemas físicos — os arquivos passam a existir em várias máquinas, garantindo a sua integridade — e de segurança, a sua empresa paga apenas pelo que utilizar. A empresa precisa de mais ou menos recursos? Os custos acompanham essa demanda e são, por definição, mais baratos do que soluções locais!

Todos os dados do negócio serão armazenados em um ambiente isolado. Isso impede que falhas de segurança locais possam tornar tentativas não autorizadas de acesso a dados um processo que causa grande impacto no negócio. Ao mesmo tempo, as informações necessárias para os fluxos de trabalho ficarão disponíveis em qualquer local com acesso à internet.

Redução de custos

Um dos pontos mais fortes da computação na nuvem é a forma como ela é capaz de reduzir os custos operacionais de um negócio. Estamos falando de hardware, software e até mesmo energia elétrica. Na parte de hardware, não é mais necessário utilizar um servidor dedicado e subutilizado para e-mails ou armazenamento, já que todo esse trabalho é feito remotamente.

Gastando muito com licenças de software?

A utilização de SaaS (Software Como um Serviço, em português) é uma grande vantagem para economizar no escritório, já que toda a utilização de programas é feita por meio da nuvem e não mais localmente. O gasto com o licenciamento de software vai variar conforme o número de recursos contratados. Em vez de comprar um programa, você o utiliza como serviço, podendo cancelá-lo quando quiser!

E o que dizer da energia elétrica?

Utilizando a potência de computadores remotos não há necessidade de servidores locais, o que faz com que o consumo de energia caia bastante. Caso a empresa passe a adotar a virtualização, é possível que até mesmo o número de máquinas individuais seja reduzido, contribuindo agressivamente para a redução do consumo de energia.

Dicas para reduzir custos

Virtualização

Com essa tecnologia, apenas um computador (potente) é necessário para que várias pessoas possam trabalhar. O que ela faz é criar vários sistemas operacionais virtuais dentro de uma máquina, como computadores virtuais.

Isso pode ser útil para quem trabalha com softwares legados, por exemplo. Tais ferramentas passam a ser executadas em um ambiente robusto, escalável e seguro. Em alguns passos, a empresa manterá seus sistemas mais importantes protegidos contra falhas e ataques.

Automação

Não apenas no nível operacional, em que backups são feitos automaticamente, mas o número de funcionários necessários para administrar a nuvem é extremamente reduzido em comparação a uma estrutura interna.

Pague o que usar

Nada de pagar por softwares caros e dependentes de determinado hardware: na nuvem tudo é adquirido como serviço, o que garante não apenas preço e flexibilidade, mas a vantagem de utilizar apenas quando precisar. Caso seja necessário, o gestor de TI pode ampliar a quantidade de recursos contratados. Ou mesmo reduzir, tornando o seu planejamento financeiro mais robusto e eficaz.

Gasto com pessoal

Antes era necessário todo um departamento para cuidar de problemas de software e hardware. Mas com o maquinário passando por uma virtualização e a utilização do software como serviço, o número de funcionários será reduzido graças à simplificação das rotinas de TI. Processos de backup, por exemplo, passam a ser executados automaticamente pela empresa de cloud computing.

O ganho de mobilidade proporcionado pela computação na nuvem

Um dos grandes benefícios do uso da computação na nuvem no ambiente corporativo é o ganho de mobilidade operacional proporcionado por essa tecnologia. Graças à possibilidade de acessar arquivos e sistemas via web, a empresa pode adotar uma rotina mais flexível. Para clientes, isso representará um grande diferencial, já que todos os profissionais do negócio serão mais produtivos e eficientes.

Internamente, essa mobilidade também se traduz em um serviço de suporte de TI mais eficiente. Técnicos poderão se deslocar diretamente ao ponto de trabalho do usuário, avaliando o problema e chegando à sua origem com mais precisão e agilidade. Como consequência, o impacto causado por problemas será reduzido drasticamente.

Como a nuvem pode tornar as suas equipes mais integradas

Serviços de armazenamento na nuvem possuem um papel muito importante para empresas que pretendem tornar as suas equipes mais integradas e eficientes. Negócios que adotam essa tecnologia podem criar ambientes de trabalho mais colaborativos e com mais eficiência. Além disso, o número de conflitos passa a ser reduzido continuamente, tendo em vista que a troca de dados passa a ser mais precisa.

Sempre que for necessário, o colaborador poderá utilizar a nuvem para enviar uma informação para outro setor, cliente ou parceiro comercial. Como o envio dos dados é feito em uma plataforma separada, as chances de um arquivo ser corrompido ou infectado por malware é reduzida. Dessa forma, a empresa pode garantir que apenas as pessoas certas terão acesso aos dados enviados.

Reduzindo custos com cloud computing

Como pode ver, o armazenamento na nuvem não é apenas uma tendência, é uma verdadeira revolução na forma com que utilizamos computadores, seja no meio corporativo ou mesmo pessoal. Como toda grande tecnologia, o cloud computing não vem apenas facilitar a nossa vida, mas contribuir para que gastemos cada vez menos com recursos cada vez mais avançados.

Além disso, serviços tornam-se mais escaláveis e eficientes. E com o backup de dados sendo feito automaticamente, a empresa poderá contar com uma infraestrutura de TI confiável e com alta disponibilidade. O ambiente ideal para manter negócios competitivos!

Se você gostou de saber o que é cloud computing e conhecer suas vantagens, compartilhe o artigo com os amigos nas redes sociais!

Compartilhar

Raphael Fontes

Raphael Fontes – Sócio Especialista em Soluções de Infraestrutura de TI

Deixe uma resposta