Economizar no seu escritório de advocacia: Confira essas 7 dicas

Dicas para econimizar
Eliane Girão
Escrito por

Como acontece em qualquer empreendimento, o escritório de advocacia exige uma excelente gestão e análise dos gastos. Neste sentido, é importante que o advogado-chefe ou o dono do escritório tenha em mente as despesas envolvidas no seu negócio, a fim de que seja possível repensar os gastos e até mesmo cortar algumas saídas financeiras que não sejam tão necessárias. Que tal ver algumas dicas para economizar em seu escritório de advocacia?

Diminua a conta de luz

Ter boa iluminação é essencial para que a banca de advogados trabalhe bem e apresente uma alta produtividade. Vale a pena estudar como criar uma boa iluminação geral no ambiente e trazer focos de luz para as mesas ou postos de trabalho. Mas procure favorecer a incidência de luz natural, com abertura de paredes e ampliação das janelas. Coloque lâmpadas fluorescentes compactas ou de LED, substituindo as antigas incandescentes. Desligue os computadores e os outros equipamentos, quando estiverem fora de uso.

Fique de olho no ar-condicionado

Em ambientes fechados como um escritório jurídico, este equipamento tornou-se quase que um item essencial. O bem-estar no ambiente de trabalho influencia na produtividade de seus colaboradores e até na retenção de talentos. Mas busque aparelhos que não tenham um alto consumo de energia elétrica e mantenha-os desligados quando não houver pessoas nas salas.

Reduza a conta do telefone

Faça uma pesquisa entre as operadoras e veja aquela que oferece um plano empresarial que mais se ajuste à demanda do escritório. Dependendo do caso, aposte em soluções VoIP e uso de dispositivos como o Whatsapp e Viber. Avalie com calma as contas que chegam mês a mês, para checar se não existem serviços extras que sejam cobrados e não aproveitados.

Tenha um adequado controle financeiro

A partir do registro de todos os gastos envolvidos nas demandas dos clientes e dos respectivos honorários, será possível entender os fluxos financeiros que acontecem dentro da entidade. Melhor ainda se tudo estiver organizado no mesmo lugar, como em um sistema financeiro ou software jurídico, por exemplo. Agilize a prestação de contas e os recebimentos e economize tempo, além de dinheiro!

Corte o uso excessivo de papel

Quanto mais o time de advogados incentivar o hábito de digitalizar processos e trabalhar com arquivos e documentos digitais, menos papel e impressões serão necessários. Além de menos despesa para o escritório, esta é uma iniciativa ecologicamente sustentável.

Use mais dispositivos móveis

Os smartphones e tablets permitem a troca rápida de documentos, a comunicação a distância com clientes e advogados, além do acesso a aplicativos de organização e gestão. Assim, permite acelerar as rotinas de trabalho e até mesmo cortar certas despesas excedentes, como a de algumas viagens e deslocamentos para reuniões, por exemplo.

Pense bem na sua gestão organizacional

É fundamental que o escritório funcione com base em uma agenda estratégica, racionalizando as operações internas e diligências que cada advogado vai fazer nos tribunais mais distantes. Tudo isso oferece redução de tempo e de despesas com transporte, combustível e alimentação nos locais em que o profissional destacado precise dormir, por exemplo. Dependendo do que o escritório necessitar, vale a pena contar com assessoria especializada em gestão estratégica do setor e suporte em TI, entre outras táticas de otimização, qualidade e sucesso.

E então, você tem economizado bastante em seu escritório? Ou acha que esse empreendimento tem consumido muito dinheiro? O que você achou dessas dicas? Dê sua opinião no espaço de comentários!

 

 

 

 

Compartilhar

Eliane Girão

Eliane Girão – Sócia Fundadora Especialista em Marketing de Relacionamento

Deixe uma resposta